Internação involuntária

Internação involuntária

O que os responsáveis pelos pacientes devem saber sobre a internação involuntária?

Em primeiro lugar, devemos saber que a internação involuntária é um procedimento legal que está amparado pela lei 10.216 de 06 de abril de 2002, podendo inclusive ser solicitada para menores de idade.

Internação involuntária é aquela em que o paciente é submetido ao tratamento para dependência química e alcoolismo contra sua vontade.

Esta modalidade de internação ocorre sem o consentimento do paciente, normalmente solicitada por seus familiares, ou representantes legais.

A internação involuntária é recomendada pelos especialistas sempre que o dependente químico ou alcoólatra encontra-se dentro de uma das situações a seguir:

1 –  O dependente químico ou alcoólatra oferece risco de vida para si e/ou para outros, pois encontra-se com seu estado de consciência completamente alterado, perdendo completamente a noção da realidade. Neste momento ele já não consegue mais perceber os danos que as drogas e o álcool estão causando na sua vida.

São comuns casos em que a droga desencadeia problemas sérios de saúde, tais como surtos psicóticos no dependente, a ponto de ameaçar sua vida e das pessoas que estão ao seu redor

2 – O paciente perde a capacidade de diferenciar o que é melhor para si, ele não aceita que tem problemas com álcool e drogas e não reconhece os inúmeros prejuízos sociais que já existem em sua vida. E nesse momento um terceiro deve solicitar a internação.

3 – O paciente não consegue promover abstinência por conta própria. A vontade de usar ocupa os espaços que antes eram importantes como: Estudo, trabalho, convívio com o par afetivo e familiares. Desse modo, é chegada a hora de buscar ajuda profissional, para reverter a situação, impedindo que consequências maiores e mais prejuízos físicos e sociais possam ocorrer.

A internação involuntária causa revolta?

Nossa experiência nos mostra que existe um peso de consciência e um temor exagerado da família em relação ao comportamento do paciente após a alta médica.

Sabemos que a maioria absoluta dos pacientes após a alta ficam agradecidos, sentem-se cuidados e recompensados por terem despertado preocupação e proteção dos familiares.

Eles reconhecem que foi uma grande oportunidade para entender, aceitar e começar um tratamento de maneira organizada.

Orientação Gratuita 24 horas:

Disponibilizamos um profissional especialista 24 horas por dia para atender familiares.

Entre em contato conosco, é fácil, rápido e gratuito! Whatsapp (11) 94467 7459

Internação involuntária